segunda-feira, 13 de agosto de 2012

ENEM 2012 ? A longevidade , um desafio do terceiro milênio.



 O segundo semestre - para quem está em processo de vestibular - é  como rolar de uma ribanceira. Não há como estancar  a velocidade com que o tempo passa. Ele  acelera a cada dia e , de repente, caímos em dezenas de provas  que parecem nunca acabar.Não há paliativo para isso. 
Se tivermos  a certeza de que que a nossa parte foi feita, o mais é tranquilidade. E sorte, porque afinal sempre é bom contar - também - com ela.

Vamos postar aqui uma proposta que poderia ser ENEM 2012 . Uma possibilidade, como tantas outras que já estão transcritas em postagens anteriores.( vasculhe o blog que você as encontra).

 Proposta de redação ENEM 2012

Texto 1.
A melhoria das condições de vida e os assinaláveis progressos da ciência e da medicina estão na origem do significativo aumento dos índices de longevidade. A esperança de vida atingiu números inimagináveis na geometria das pirâmides populacionais  há uma ou duas décadas.(...)
Este é um desafio para todos, sem exceção, num quadro de respeito integral da pessoa humana na multiplicidade das suas dimensões. A população idosa terá de ser parte da solução do problema no nosso sistema de organização social.
Desde logo importa desmistificar uns quantos preconceitos em relação à população idosa (idosos são um fardo para a sociedade, são frágeis, já não contribuem para nada, são todas iguais, homens e mulheres envelhecem da mesma maneira e outros) e atuar no sentido de  promover a qualidade de vida e o envelhecimento ativo das pessoas.
 “O número de idosos estimado para 2020 em todo o mundo será de 1,2 bilhões. Três quartos deles vivem em países em desenvolvimento – sete dos quais estão entre as dez maiores populações do mundo. O Brasil ocupará o 5o lugar!.”
Fonte: Agência Ecclesia. /l,http://www.agencia.ecclesia.pt/cgi-bin/noticia.pl?&id=88933( texto adaptado)
 
Texto 2

Texto 3
Envelhecer já foi um milagre, um sonho e também uma sentença cruel. Nossos poetas românticos, por exemplo, almejavam a vida curta, cravejada de muita tosse, e olhos fundos, aureolados de acentuadas olheiras. E, quando a vida se estendia, sentiam-se traídos pelo Destino, envergonhados diante da posteridade. Consta mesmo que um deles, aos 22 anos, preocupado com a hora final que tardava a soar, declarava-se com 20 anos – a fim de ampliar a chance de ser colhido ainda na juventude. Acabou não desapontando ninguém, nem a si próprio. Foi ceifado aos 23 anos.
Não fosse o fim precoce de seus autores, a maior parte da poesia romântica não teria sido escrita. A maior e a melhor, porque em toda a obra de Álvares de Azevedo poucos poemas se comparam à beleza de Se Eu Morresse Amanhã. O poeta deu o último suspiro aos 20 anos. Assim também se foram para sempre Castro Alves, com 24, Casimiro de Abreu, com 21, e Junqueira Freire, com 22. Já Fagundes Varela, contrariando a tendência da época, partiu aos 33. E Gonçalves Dias, já um ancião: aos 41.
Mas isso são histórias do século XIX, quando viver não estava na moda. Hoje, mais do que viver simplesmente,está na moda a alegria de viver. De viver bem e largamente.(...)

INSTRUÇÕES:
• O texto definitivo deve ser escrito à tinta, em até 30 linhas.
• A redação com até 7 (sete) linhas escritas será considerada “insuficiente” e receberá nota zero.
• A redação que fugir ao tema ou que não atender ao gênero  dissertativo-argumentativo receberá nota zero.

Proposta:                                                                                                                                 Com base na leitura dos textos motivadores  e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema, A longevidade: um desafio para o terceiro milênio, apresentando proposta de conscientização social que respeite os direitos humanos.
Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário